OrtoImagem - Centro de Ortopedia e Imagem - Tubarão/SC

Notícias

Cirurgia da coluna vertebral: conheça o que é mito ou verdade

25/03/2019Tratamento da coluna vertebral por intervenção cirúrgica ainda gera dúvidas sobre seus benefícios e efeitos colaterais.

Cirurgia da coluna vertebral: conheça o que é mito ou verdade

Você já sofreu de dores nas costas? Saiba que não está sozinho. Este é o principal sintoma doloroso que leva pessoas aos consultórios de ortopedistas. Em sua grande maioria, são facilmente tratadas com medicações e terapias de reabilitação física, como RPG, osteopatia, pilates e outras afins. Mas em determinados casos é necessário tratamento por intervenção cirúrgica, causando em leigos algumas dúvidas sobre os benefícios e possíveis efeitos colaterais e consequentemente, adiamentos que podem agravar o quadro.

Os ortopedistas e traumatologistas especialistas em coluna vertebral, Dr. Phelipe de Souza Menegaz e Dr. Martins Back Netto falam sobre os mitos e verdades de cirurgia da coluna vertebral.

Alterações estruturais de imagem, por si só, já indicam a necessidade de procedimento cirúrgico. Mito ou verdade?

R: Dr. Phelipe de Souza Menegaz. É Mito. O que devemos levar em consideração quando indicamos uma cirurgia da coluna são os sintomas clínicos. Muitos pacientes assintomáticos quando submetidos a uma ressonância magnética de coluna apresentam hérnias ou alterações discais que poderiam estar sujeitas a interpretações errôneas e indicações indevidas de cirurgia se não submetidas a um meticuloso exame físico.

Pessoas com mais idade são mais propensas a desenvolver as alterações na coluna vertebral. Mito ou verdade?

R: Dr. Phelipe de Souza Menegaz. É verdade. As alterações na coluna acometem sim pessoas com mais idade sendo que alterações degenerativas discais estarão presentes em 100% dos indivíduos maiores de 70 anos de ambos os sexos. Algumas patologias como hérnia de disco lombar são mais frequentes nas mulheres e em faixa etária entre 30 e 40 anos.

Toda cirurgia de coluna exige grandes cortes. Mito ou verdade?

R: Dr. Phelipe de Souza Menegaz. É mito. O desenvolvimento da técnica cirúrgica e do instrumental cirúrgico tem possibilitado que se realizem cirurgias da coluna com pequenas incisões e com menor agressão aos tecidos da coluna chamada atualmente de cirurgias minimamente invasivas. Evidentemente patologias como escoliose onde é necessária abordagem de múltiplos segmentos da coluna necessitam incisões maiores.

O processo pós-operatório é tão importante quanto o procedimento cirúrgico, para o resultado do tratamento. Mito ou verdade?

R: Dr. Martins Back Netto. É verdade. O processo de recuperação é tão importante quanto o procedimento cirúrgico e vai repercutir nos resultados. A recuperação depende do tipo da extensão da cirurgia e da doença. O pós-operatório requer atenção e deve ser levado a sério em todos os casos.

Cirurgia de coluna requer longo período de recuperação. Mito ou verdade?

R. Dr. Phelipe de Souza Menegaz. É mito. O desenvolvimento das técnicas minimamente invasivas e também das técnicas de fixação da coluna com parafusos tem levado a uma redução do dano tecidual, o que diminui a dor pós-operatória e permite uma mobilização mais precoce. Na maioria dos procedimentos os pacientes podem sair do leito no dia seguinte ao ato cirúrgico e realizar qualquer atividade do dia-a-dia habitual como: caminhar e higiene pessoal, devendo evitar apenas movimentos que estejam lhes causando maior dor, desconforto ou movimentos extremos, como flexão exagerada do troco. O retorno aos exercícios físicos vai depender do procedimento ao qual o paciente foi submetido, podendo variar de três meses a seis meses até um ano nos casos de correções de deformidades que exigem um maior período afastado de atividades físicas.

Depois de operada, a pessoa não terá mais autonomia de antes. Mito ou verdade?

R: Dr. Martins Back Netto. É mito. A autonomia depende muito da doença que provocou a necessidade de cirurgia. Algumas cirurgias como a cirurgia de hérnia de disco, as artrodeses de coluna, os pacientes costumam voltar às suas atividades diárias e laborais. Existem casos em que a própria doença já causou uma disautonomia.  Assim cada caso deve ser avaliado individualmente.

Cite algumas dicas de prevenção.

R: Dr. Martins Back Netto. Exercite-se regularmente para melhorar a saúde e reduzir as chances de dor nas costas. Quando for levantar algum peso, aproxime-se ao máximo dele antes de pegá-lo. Não curve a coluna ao abaixar. Use os joelhos, que devem ser flexionados até a altura desejada. Se precisar levantar ou mover algo mais pesado, faça isto com segurança. Encontre um parceiro para ajudar na carga. Verifique e altere a sua postura frequentemente ao usar seu laptop, smartphone ou tablete.

 

Francine Germano de Andrade

Jornalista (SC 4381 JP)

Relações Públicas/Marketing

 

Imagens da Notícia

  • Imagem
  • Imagem

Últimas Notícias

Doença de Dupuytren: conheça as caraterísticas e como voltar a movimentar todos os dedos da mão
Doença de Dupuytren: conheça as caraterísticas e como voltar a movimentar todos os dedos da mão As pessoas mais propensas a desenvolver a patologia são as do sexo masculino, principalmente entre 40 a 60 anos. 06/08/2019 Leia mais
Dor nos membros superiores pode estar relacionado a problemas na coluna
Dor nos membros superiores pode estar relacionado a problemas na coluna Dependendo da raiz acometida a dor pode se irradiar por distintas partes no membro superior. 29/07/2019 Leia mais

Como agendar sua consulta

Consulte a disponibilidade de nossos especialistas e agende uma consulta.


Contato telefônico

(48) 3631-1400 | (48) 3631-1401


Nosso endereço

Rua Padre Bernado Freuser, 228 - Tubarão / SC


Horário de agendamento

08:00 às 18:00 - sem fechar ao meio-dia


Na hora marcara, dirija-se a Ortoimagem. Nossa equipe ficará feliz em recebê-lo(a).


Atenção!

Não está incluso no valor da consulta os exames por imagem e procedimentos realizados na sala de gesso.


Meus Exames

Como agendar seu exame

Agenda seu exame com um de nossos colaboradores.


Contato telefônico

(48) 3631-1413 | (48) 3631-1433


Nosso endereço

Rua Padre Bernado Freuser, 228 - Tubarão / SC


Horário de agendamento

08:00 às 18:00 - sem fechar ao meio-dia


Nossa equipe ficará feliz em recebê-lo(a).


Atenção!

Horário diferenciado para realização dos exames de Ressonância Magnética

Segunda a sexta-feira

07:00 às 23:00 - sem fechar ao meio-dia


Meus Exames